Carta para a minha Mãe do Céu

Mãezinha, é difícil escrever sem chorar.

Não é saudade da Senhora, apesar de sentir falta dos irmãos que se reunem em Santa Maria todos os anos para uma visita de gratidão ao Santuário da Medianeira.

A Sua presença divina e bondosa envolve meus dias sempre e, nos últimos anos, tenho aprendido a reconhecer os pequenos milagres diários que obtenho pelo Seu exemplo.

Sinto-me mais calma, com maior espírito de concórdia, e com firmeza de espírito e de propósito. Ainda tenho que melhorar muito, mas não parei de aprender.

Por isso, obrigada, obrigada, obrigada!

No ano passado, também não estive na Romaria, Mãezinha. A Senhora tinha me levado para outro lugar, lembra? Uma experiência única na vida. Foi incrível! Não sei se cheguei a agradecer adequadamente à Senhora por ter me ajudado a ir para lá.

Logo eu que comecei a crer na Tua milagrosa intercessão quando tinha perdido tudo. Até o gato perdi, a Senhora lembra?

Pois agora, bens sabe, abençoada Mãe Medianeira, estou em novo início, no Coração do Brasil. A Senhora me preparou e ajudou a criar as condições adequadas para que eu encontrasse meu destino longe da “nossa terra”, mas nunca distantes.

E eu queria dizer para a Senhora que o pior já passou. A saudade dos meus aperta, mas já não choro pela ausência: faço planos para visitá-los e convites para que venham me ver. Ao mesmo tempo, aprofundo amizade com meus novos colegas e tenho buscado outros.

Há novos laços se formando, Mãe.
E estou cuidando direitinho da minha saúde.

Recentemente, problemas burocráticos me incomodaram muito. Mas esquentar a cabeça não ajudou, Eficaz mesmo foi subir as escadas degrau por degrau para obter o que eu precisava. E, olha só: tá tudo resolvido.

Andando nessas repartições, sentia a Sua mão calorosa junto à minha. Me inspirei no seu sorriso ao lidar com pessoas grosseiras e impacientes. Acho que a Senhora as tocou,

Então, Senhora Nossa, está tudo bem por aqui.
Muito, muito obrigada!

E, agora que agradeci, me deixe fazer um pedido: um ano desafiador desponta no horizonte. Mas sei que nada é por acaso e precisamos das experiências que estão por vir.

Então, Mãe, aja sobre nossos espítitos para que tenhamos serenidade, espírito fraterno e união. Sinto que vamos precisar.

Nos abençõe e proteja sempre, Nossa Senhora Medianeira, Rainha do Meu Coração.

foto Renan Martins
Foto do ex-colega Renan Martins, do Diário de Santa Maria. Veja outras fotos em https://bit.ly/2z7ad69

 

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. tania teresinha lopes disse:

    Linda, minha amiguinha querida! Ela te protege! bjos

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s