Quanto vale um paletó?

Teve época – faz tempo – que um homem que vestisse terno e gravata agregava a si próprio um valor simbólico.

Saudade das três quadras que percorria de carro, podendo ir à pé

No dia 29 de agosto, completarei três meses em Brasília. Passou bem rápido. Ando vivendo na velocidade das notícias (que nunca param, nessa terra seca e poeirenta). Laura Pausini faz show aqui amanhã (23). Dionne Warrwick, no sábado. Roberto Carlos, Sarah Brightman e Tribalistas na semana que vem. Vou perder. E nem é pelo preço. Perdi…

Saudade que dói!

“Saudade é prego na bota”, diz uma antiga canção. Tu até caminha, mas cada passo dói. 

Mãe, eu tenho plantas!

Estou até achando divertido ver que a roupa mal torcida até que seca rápido com o calor daqui.

Duas semanas, já?

Eu lembro daquele moço quase todos os dias.  Nos primeiros, me lembrava mais. Eu estava apavorada com praticamente tudo aqui.

Rumo ao Planalto Central

Eu li o post de uma conhecida, hoje, e ela dizia que a gente é o resultado do que a gente “joga pro universo”. Saca essa ideia? Acho que é por isso que passei os últimos meses tão ativa e tão feliz. Dois trabalhos absolutamente diferentes, 14 horas/dia envolvida em contribuir com as empresas em…