Um megafone de lata

A casa onde vivi minha segunda infância e os melhores anos da minha adolescência fica em Alvorada (RS). Já era um lugar perigoso há 30 anos. Hoje é mais. Mas sempre foi um lugar pra famílias trabalhadoras se criarem, descansarem e prosperarem. Tenho boas lembranças. Na nossa casa, comprada no plano Habitacional Habitasul, era boa….

O pai

Ele era amoroso, divertido e criativo, gostava de cantar (e de fazer paródias de músicas famosas, nas quais ele adicionava o meu nome e o da minha irmã)

O Vô

Na foto, ele é o carcamano levantando uma garrafa e usando “camisa de física” rasgada.

Aperte o play para lembrar

E nesta semana eu assisti dois documentários com narrativas muito diferentes (do que eu conheço, ao menos), sobre histórias que não se deve esquecer. Ambos estão disponíveis no Netflix.